Posted in Ciências, Curiosidades, Vídeos, Youtube

When a physicist gets bored

Início
Posted in Ciências

Nasa adverte que o SOL inverterá seus polos em 3 meses

AREA X (Especial para Urgente24) – Datos de los observatorios solares de la NASA muestran que el campo magnético del Sol está a punto de “volcarse” , es decir, de invertir su polaridad.

“Parece que nos quedan tres o cuatro meses para completar la inversión del campo magnético solar. Este cambio provocará un efecto dominó en todo el sistema solar”, explica el experto en física solar Todd Hoeksema, de la Universidad de Stanford, USA.
Según los científicos, ahora el Sol permanece en un período de alta actividad, cuando en su superficie se producen con mucha más frecuencia llamaradas, “agujeros coronales” (áreas con vientos solares de alta velocidad) y erupciones solares (emisiones de plasma), que causan las tormentas magnéticas en la Tierra.

La inversión de los campos magnéticos (los polos del norte y del sur) se producirá justo en el pico de la actividad solar como resultado de los procesos de reestructuración de su dinámica. Sin embargo, los científicos afirman que no hay razones de preocupación para el ser humano, ya que la actividad solar está sujeta a ciclos de 11 años.

“El campo magnético polar del Sol se debilita, se reduce a cero y luego vuelve a aparecer, pero con la polaridad invertida, éste es un elemento normal del ciclo solar“, explica Phil Scherer, también de la Universidad de Stanford.

Los datos de la serie de las observaciones de la NASA muestran que los hemisferios del Sol por ahora no se mueven en sincronía hacía el cambio: el polo norte ya está mostrando señales de estar listo y el polo sur solo trata de alcanzarlo. “Sin embargo, pronto los dos van a cambiar la polaridad y a comenzar otro ciclo solar”, concluye Scherer.

Cuatro polos

Cuatro polos magnéticos pueden formarse en el Sol a breve plazo, según predicen el Observatorio Nacional y el Instituto de Ciencias Naturales de Japón. Los polos magnéticos del Sol suelen intercambiarse cada once años. Por lo general, coinciden con los polos geográficos.

Es posible que el polo sur cambie su polaridad. Sin embargo, durante un período de tiempo los dos polos geográficos del Sol serán positivos. Como resultado, en la región ecuatorial se formarán dos polos magnéticos negativos temporales.

Estos fenómenos se produjeron en el Sol en el pasado, por ejemplo, en los siglos XVII-XVIII, lo cual coincidió con un significativo enfriamiento de la Tierra. La aparición actual de los cuatro polos magnéticos del Sol también puede causar un enfriamiento del planeta.

Notas relacionadas:

–  Evento solar de grande proporção deve ocorrer nos próximos meses

– La NASA advierte que algo raro está pasando en el Sol

– La NASA ve al Sol como causa del cambio climático

– Confirmado por la NASA: El sol está furioso

via Area X

Posted in Ciências

Você costuma lembrar do que sonha?

.

Você costuma lembrar do que sonha? Cientistas dizem que ondas cerebrais são diferentes em pessoas que lembram o que sonham –

Leia mais/ Read more: http://nzn.me/m37670f

.

 

via 

.

 

Posted in Bizarro, Ciências

Inscrições para quem quer colonizar Marte

Se você quer sumir de vez, corra! Inscrições para quem quer colonizar Marte acabam no próximo dia 31.

Leia mais/Read more —http://nzn.me/m37689f

 

via 

.

Posted in App, Ciências, Saúde e bem-estar, Tecnologia

Com este app incrível, um médico poderá examinar seus olhos só com um smartphone

Peek é o tipo de aplicativo que faz a gente querer levantar da cadeira e bater palmas. Sigla para Portable Eye Examination Kit, o software tem a proposta de permitir que um smartphone seja utilizado para exames médicos dos olhos.

Leia mais/ Read more >>> http://tecnoblog.net

.

Peek em ação

via 

.

Posted in Ciências, Comida e bebida, Curiosidades, Mundo

Com 4,4 toneladas, eles fizeram o maior omelete do mundo

 

 

 

via 

.

Posted in Ciências, Curiosidades, Fotografia

A lava do vulcão se encontrando com a água do mar

A lava do vulcão se encontrando com a água do mar. O resultado são fotos fantásticas

Leia mais/Read more:> http://bit.ly/17kZkqO

 

 

via 

.

Posted in Ciências

Será que uma maçã realmente caiu na cabeça de Isaac Newton? http://a.ciencia.vc/18gPQhs

Será que uma maçã realmente caiu na cabeça de Isaac Newton?

Leia mais: http://a.ciencia.vc/18gPQhs

via 

.

Posted in Ciências

Astrônomos descobrem planeta cor-de-rosa.

Astrônomos descobrem planeta cor-de-rosa.

Leia mais em: http://abr.ai/19SvajF

via 

Posted in Ciências, Reflexão

Como melhorar seu pensamento crítico

rsz_bigstock-teamwork-banking-teamwork-of-p-25539644

O pensamento crítico é a ferramenta para decidir se uma afirmação é verdadeira, verdadeira só em condições especiais, parcialmente verdadeira ou totalmente falsa. Ele começou no ocidente com o método socrático, na Grécia Antiga, e no oriente com a literatura budista, na Índia Antiga.

O pensamento crítico envolve a capacidade de:

  • reconhecer problemas, e encontrar maneiras práticas de lidar com eles;
  • compreender a importância de estabelecer prioridades em ordem de precedência para resolver problemas;
  • obter informação pertinente;
  • perceber valores e suposições feitas a priori;
  • compreender e usar a linguagem com precisão, claridade e discernimento;
  • interpretar dados, tanto para apontar evidências quanto para analisar argumentos;
  • reconhecer a existência (ou não existência) de relacionamentos lógicos entre proposições;
  • fazer conclusões e generalizações fundamentadas;
  • testar conclusões e generalizações;
  • reconstruir os padrões de crenças com base em uma experiência mais completa.

A capacidade de questionar, a curiosidade, o desejo de conhecer e de saber nascem com o ser humano, mas o pensamento crítico tem que ser cultivado. Confira algumas dicas para você afiar o seu pensamento crítico, seja para analisar uma oferta de automóvel usado, seja para fazer a crítica a um poema ou romance.

Questione-se

O que você faria se em nada houvesse divisibilidade, comparabilidade, conectividade, distributividade, ordenabilidade, substituibilidade e satisfazibilidade?

Compreenda seu próprio propósito

O criticismo, especialmente o artístico, é subjetivo. O que você espera obter com sua crítica? Você está analisando uma obra artística, ou uma proposta de negócios objetiva?

Compreenda o propósito da pessoa que está sendo analisada

A maior parte das críticas é descabida simplesmente porque o crítico não leva em conta o que o autor tinha em mente. O escritor pode apontar e acertar no galho, e você achar que ele errou a ave que estava sobre o mesmo. A crítica deve responder à pergunta: o autor conseguiu atingir seu objetivo original?

Conheça as alternativas

Seja o que for que você estiver analisando, é preciso pesquisar trabalhos relacionados. A crítica só pode ser atingida se seguir um padrão; uma obra só pode ser considerada superior ou inferior em relação a outra. Encontre obras contemporâneas e empreendimentos similares no passado.

Se você está considerando a compra de um carro, descubra o custo de outras opções como a aquisição de carros de segunda mão, ou o custo do aluguel de um carro. Se não houver nada relacionado, use sua própria visão de como deve ser o projeto, ou como o autor da proposta quer que ela seja executada.

Aprenda a lógica

Estude a maneira que os argumentos são construídos, o que são premissas, e como as conclusões são derivadas. Estude também as falácias lógicas, e pratique apontando-as na sua vida diária.

Aprenda o jargão crítico

Cada campo tem seu jargão crítico. Por exemplo, em poesia termos como aliterações, encadeamento e métrica mostram que você sabe do que está falando. Estes termos ajudam a construção de uma crítica mais concreta, e dão um ponto para onde focá-la.

Use a técnica do BRI

O psicólogo do pensamento lateral Edward de Bono afirma que devemos listar os pontos bons, ruins e interessantes (BRI).

Justifique sua opinião

Não basta dizer que não gosta, é preciso dizer porque não gosta, e dar sugestões para aperfeiçoamentos.

Além disso, é preciso não ser absoluto, e ao mesmo tempo não ser tímido. Evite usar termos como “nunca”. Ao mesmo tempo, seja assertivo na crítica.

Outras dicas:

  • Não se deve também esquecer a diplomacia. Aponte sua crítica para a proposta, não para a pessoa.
  • Sempre faça um arrazoado de hipóteses dedutivas. Ou seja, dada uma situação particular, aplique o conhecimento relevante dos princípios e limitações e mostre, de forma abstrata, as consequências que podem resultar de diferentes variações que você consegue imaginar sobre o sistema.
  • Você também vai conseguir criticar muito melhor algo que você consegue fazer. Preste atenção na crítica que outros oferecem à sua crítica.
  • Aprenda a diferença entre raciocínio indutivo e dedutivo, ou seja, quando uma discussão é conduzida do particular para o geral, e do geral para o particular.
  • Use bibliotecas e a internet para se informar sobre o tópico a ser criticado. Uma crítica feita sem muita informação às vezes é pior que uma crítica mal feita.
  • Pergunte pelas opiniões alheias. Outras pessoas provavelmente irão acrescentar uma nova perspectiva que pode mudar sua abordagem. Considere pessoas de diferentes grupos etários e diferentes ocupações. [Wikihow]

 

Cesar Grossmann é formado em Engenharia Elétrica, é funcionário público, gosta de xadrez e fotografia. Apesar de se definir como "geek", não tem um smartphone, e usa uma câmera fotográfica com filme (além da digital). @cesarakgcesar@hiperciencia.comSite

 

 

via  http://hypescience.com

.