Feeds:
Posts
Comments

Archive for the ‘Entretenimento’ Category

REPUBLICANDO…

(Often, it’s better not to ask the Internet for help.)

15 de fevereiro de 2013

Um rapaz fez a bobagem de pedir ajuda online para colocar o sol entre seus dedos no Photoshop. Ahh, foi um ‘prato cheio’ para os criativos online…

Veja o que resultou:

arrumem_foto1

arrumem_foto2

arrumem_foto3

arrumem_foto4

arrumem_foto5

arrumem_foto6

arrumem_foto7

arrumem_foto8

arrumem_foto9

arrumem_foto10

arrumem_foto11

arrumem_foto12

arrumem_foto13

arrumem_foto14

arrumem_foto15

arrumem_foto16

arrumem_foto17
Com informações do AdVivo.

VEJA MAIS: http://knowyourmeme.com/

Contribuições de leitores (nos comentárioa abaixo):

Fonte/Source: knowyourmeme.com

Dicas WordPress Brasil – tudo passo a passo para você criar o seu blog

Voltar ao início

.

Read Full Post »

O exemplo em Vila Velha ( ES).
Dizem que ela vende aproximadamente
300 caipirinhas em um dia fraco. Cobra apenas R$ 5,00 a dose,

A moça tira R$1.500,00/dia

Não é uma  boa idéia?

Não existe crise na economia, existe é falta de competência,
imaginação e criatividade.

 

Read Full Post »

Publicado originalmente em novembro de 2010…

Se você não se liga em internet? Não?…veja os riscos, lol


Haroldo tirou o papel do bolso, conferiu a anotação e perguntou à balconista:

– Moça, vocês têm pen drive?

– Temos, sim.

– O que é pen drive? Pode me esclarecer? Meu filho me pediu para comprar um.

– Bom, pen drive é um aparelho em que o senhor salva tudo o que tem no computador.

– Ah, como um disquete…

– Não. No pen drive o senhor pode salvar textos, imagens e filmes. O disquete, que nem existe mais, só salva texto.

– Ah, tá. bom, vou querer.

– Quantos gigas?

– Hein?

– De quantos gigas o senhor quer o seu pen drive?

– O que é gigas?

– É o tamanho do pen.

– Ah, tá, eu queria um pequeno, que dê para levar no bolso, sem fazer muito volume.

– Todos são pequenos, senhor. O tamanho, aí, é a quantidade de coisas que ele pode arquivar.

– Ah, tá. E quantos tamanhos têm?

– Dois, quatro, oito e até dez gigas.

– Hummmm, meu filho não falou quantos gigas queria.

– Neste caso, o melhor é levar o maior.

– Sim, eu acho que sim. Quanto custa?

– Bem, o de dez gigas é o mais caro. A sua entrada é USB?

– Como?

– É que para acoplar o pen no computador, tem que ter uma entrada compatível.

– USB não é a potência do ar condicionado?

– Não, aquilo é BTU.

– Ah é, isso mesmo. Confundi as iniciais. Bom, sei lá se a minha entrada é USB.

– USB é assim ó, com dentinhos que se encaixam nos buraquinhos do computador. O outro tipo é este, o P2, mais tradicional, o senhor só tem que enfiar o pino no buraco redondo.

– Hmmmm…, enfiar o pino no buraquinho, né?

– Hehehe. O seu computador é novo ou velho? Se for novo é USB, se for velho é P2.

– Acho que o meu tem uns dois anos. O anterior ainda era com disquete. Lembra do disquete? Quadradinho, preto, fácil de carregar, quase não tinha peso. O meu primeiro computador funcionava com aqueles disquetes do tipo bolacha, grandões e quadrados. Era bem mais simples, não acha?

– Os de hoje nem têm mais entrada para disquete. Ou é CD ou pen drive.

– Que coisa! Bem, não sei o que fazer. Acho melhor perguntar ao meu filho.

– Quem sabe o senhor liga para ele?

– Bem que eu gostaria, mas meu celular é novo, tem tanta coisa nele que ainda não aprendi a discar.

– Deixa eu ver. Poxa, um Smarthphone, este é bom mesmo, tem Bluetooth, woofle, brufle, trifle, banda larga, teclado touchpad, câmera fotográfica, filmadora, radio AM/FM, dá pra mandar e receber e-mail, torpedo direcional, micro-ondas e conexão wireless.

– Micro-ondas? Dá para cozinhar nele?

– Não senhor, assim o senhor me faz rir, é que ele funciona no sub-padrão, por isso é muito mais rápido.

– E Bluetooth? Estou emocionado. Não entendo como os celulares anteriores não possuíam Bluetooth.

– O senhor sabe para que serve?

– É claro que não.

– É para comunicar um celular com outro, sem fio.

– Que maravilha! Essa é uma grande novidade! Mas os celulares já não se comunicam com os outros sem usar fio? Nunca precisei fio para ligar para outro celular. Fio em celular, que eu saiba, é
apenas para carregar a bateria…

– Não, já vi que o senhor não entende nada, mesmo. Com o Bluetooth o senhor passa os dados do seu celular para outro, sem usar fio. Lista de telefones, por exemplo.

– Ah, e antes precisava fio?

– Não, tinha que trocar o chip.

– Hein? Ah, sim, o chip. E hoje não precisa mais chip…

– Precisa, sim, mas o Bluetooth é bem melhor.

– Legal esse negócio do chip. O meu celular tem chip?

– Momentinho… Deixa eu ver… Sim, tem chip.

– E faço o quê, com o chip?

– Se o senhor quiser trocar de operadora, portabilidade, o senhor sabe.

– Sei, sim, portabilidade, não é?, claro que sei. Não ia saber uma coisa dessas, tão simples? Imagino, então que para ligar tudo isso, no meu celular, depois de fazer um curso de dois meses, eu só preciso clicar nuns duzentos botões…

– Nãão, é tudo muito simples, o senhor logo apreende. Quer ligar para o seu filho? Anote aqui o número dele. Isto. Agora é só teclar, um momentinho, e apertar no botão verde… pronto, está chamando.

Haroldo segura o celular com a ponta dos dedos, temendo ser levado pelos ares, para um outro planeta:

– Oi filhão, é o papai. Sim. Me diz, filho, o seu pen drive é de quantos… Como é mesmo o nome? Ah, obrigado, quantos gigas? Quatro gigas está bom? Ótimo. E tem outra coisa, o que era mesmo? Nossa conexão é USB? É? Que loucura. Então tá, filho, papai está comprando o teu pen drive. De noite eu levo para casa.

– Que idade tem seu filho?

– Vai fazer dez em março.

– Que gracinha…

– É isto moça, vou levar um de quatro gigas, com conexão USB.

– Certo, senhor. Quer para presente?

Mais tarde, no escritório, examinou o pen drive, um minúsculo objeto, menor do que um isqueiro, capaz de gravar filmes? Onde iremos parar? Olha, com receio, para o celular sobre a mesa.

Máquina infernal, pensa.

Tudo o que ele quer é um telefone, para discar e receber chamadas. E tem, nas mãos, um equipamento sofisticado, tão complexo que ninguém que não seja especialista ou tenha mais de quarenta, saberá compreender.

Em casa, ele entrega o pen drive ao filho e pede para ver como funciona.
O garoto insere o aparelho e na tela abre-se uma janela. Em seguida, com o mouse, abre uma página da internet, em inglês. Seleciona umas palavras e um roque infernal invade o quarto e os ouvidos de Haroldo.

Um outro clique e, quando a música termina, o garoto diz:

– Pronto pai, baixei a música. Agora eu levo o pen drive para qualquer lugar e onde tiver uma entrada USB eu posso ouvir a música. No meu celular, por exemplo.

– Teu celular tem entrada USB?

– É lógico. O teu também tem.

– É? Quer dizer que eu posso gravar músicas num pen drive e ouvir pelo celular?

– Se o senhor não quiser baixar direto da internet…

Naquela noite, antes de dormir, deu um beijo em Clarinha e disse:

– Sabe que eu tenho Bluetooth?

– Como é que é?

– Bluetooth. Não vai me dizer que não sabe o que é?

– Não enche, Haroldo, deixa eu dormir.

– Meu bem, lembra como era boa a vida, quando telefone era telefone, gravador era gravador, toca-discos tocava discos e a gente só tinha que apertar um botão, para as coisas funcionarem?

– Claro que lembro, Haroldo. Hoje é bem melhor, né? Várias coisas numa só, até Bluetooth você tem.
– E conexão USB também.

– Que ótimo, Haroldo, meus parabéns.

– Clarinha, com tanta tecnologia a gente envelhece cada vez mais rápido. Fico doente de pensar em quanta coisa existe, por aí, que nunca vou usar.

– Ué? Por quê?

– Porque eu recém tinha aprendido a usar computador e celular e tudo o que sei já está superado.

– Por falar nisso temos que trocar nossa televisão.
– Ué? A nossa estragou?

– Não. Mas a nossa não tem HD, tecla SAP, slowmotion e reset.
– Tudo isso?
– Tudo. Boa noite, Haroldo, vai dormir.

Quando estava quase pegando no sono, o filho entra no quarto e diz:
– Pai, me compra um Playstation vinte e sete?

Read Full Post »

.

Assistir a um filme dentro de uma banheira, tomando cerveja e drinques…

Descubra onde isso é possível –> http://abr.ai/18KnegG

 

via VEJA SÃO PAULO

.

Read Full Post »

1. This guy who got de-pantsed while covering what appears to be an underwear exercise routine.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

2. This reporter who had to deal with this guy in the middle of a very important broadcast.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

3. This reporter who is totally not into this boy’s gentle graze.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

4. The reporter who had to deal with these bros getting busy in the background.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

5. The reporter that got assigned to go watch this man try to fly.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

6. This guy who was having a wonderful day holding a chicken until it moved.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

7. This reporter who has literally just had enough.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

8. This reporter who accidentally drew a penis and nobody had the heart to even tell her.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

9. The reporter who had to sit in the car with these guys.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

10. The reporter who got attacked by tattooed Santa Claus in the middle of a broadcast.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

11. This guy who had to deal with TWO run-by kissers at the same time.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

12. This guy who doesn’t even know why these guys brought bananas to a baseball game to begin with.

This guy who doesn't even know why these guys brought bananas to a baseball game to begin with.

13. This reporter who had to compete with this man for air time.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

14. This reporter who was almost done with her broadcast when this happened and now she probably won’t be able to sleep at night.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

15. The reporter who had to deal with this insanely creepy drunk woman for an entire broadcast.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

16. This guy who actually almost died doing his job.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

17. This reporter who was just trying to report on some soccer and then this happened.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

18. And this guy who was minding his own business, chatting about football…

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

19. This reporter who didn’t expect to be responsible for this surprise cat.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

20. Whichever reporter thought, “Ugh, this day is actually the worst so I might as well just rub this man’s chest fur.”

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

21. And this business reporter who is just really, really trying to pay attention while these guys go to town on one another.

21 Reporters Having A Way Worse Day At Work Than You

News is unfolding right behind you, sir. Embrace it.

via http://www.buzzfeed.com

.

Read Full Post »

Tomem muito cuidado.
Alertem os amigos!
Você tem “Lasefoia”?

LASEFOIA: Enfermidade ainda não aceita pela classe médica. Entretanto, milhões de pessoas em todo mundo padecem deste mal e esperam a aprovação da Organização Mundial de Saúde para que se estude e se encontre a cura para esta mortal enfermidade que, cada dia, é adquirida por milhares de pessoas.
Se você tiver 3 ou mais sintomas indicados abaixo é sinal de alerta vermelho!!!!

SINTOMAS QUE DEFINEM O APARECIMENTO DESTA PATOLOGIA:

1.- Se um café te provoca insônia.

2.- Se uma cerveja te leva direto ao banheiro.

3.- Se tudo te parece muito caro.

4.- Se qualquer coisa te altera.

5.- Se todo pequeno excesso alimentar te provoca aumento de peso.

6.- Se a feijoada "cai" como chumbo no estômago.

7.- Se o sal sobe a tua pressão arterial.

8.- Se em uma festa pedes a mesa mais distante possível da música e das pessoas.

9.- Se amarrar os sapatos te produz dor nos quadris.

10.- Se a TV te provoca sono.

Todos esses sintomas são prova irrefutável que padeces de Lasefoia!!!
LA-SE-FOI-A juventude!

(é pra rir, ok? ;))

Read Full Post »

 

 

 

via http://imgur.com/mGmbW

Read Full Post »

Older Posts »